Meu Malvado Favorito é uma das animações mais populares dos últimos anos, com seu personagem principal, Gru, conquistando o coração do público por sua personalidade única e carismática. Mas o que torna esse anti-herói tão especial?

Gru é apresentado como um vilão que planeja roubar a Lua com a ajuda de seus fieis assistentes, os Minions. No entanto, ao longo da história, Gru é transformado por três meninas órfãs, agindo como seus filhos adotivos, e acaba renunciando à sua vida de crime.

A relação entre Gru e as meninas é um dos pontos altos da animação, mostrando que mesmo um vilão pode encontrar amor e compaixão em seu coração. Além disso, as cenas com os minions são sempre hilárias, divertindo tanto as crianças quanto os adultos.

Contudo, a história por trás de Meu Malvado Favorito e Gru não foi tão simples. Na verdade, a ideia inicial do filme era contar a história de um jovem garoto que queria se tornar o maior vilão do mundo, mas ao longo do processo de escrita do roteiro, o personagem de Gru foi criado e acabou se tornando o protagonista da história.

Gru é um personagem complexo. Seu olhar sedutor, mas ao mesmo tempo cético, encanta o público, assim como sua personalidade determinada, forte e sarcástica. Ele é o tipo de anti-herói que torcemos para que dê tudo certo no final, mesmo que seja contra a lei.

Porém, o verdadeiro sucesso de Meu Malvado Favorito não poderia ter sido alcançado se não fossem pelos Minions, esses seres amarelos engraçados e desajeitados, que roubaram a cena em todas as cenas que apareceram. Sendo os principais assistentes de Gru, eles conquistaram toda a atenção do público, e se tornaram uma franquia a parte.

A franquia dos Minions se estendeu além dos filmes Meu Malvado Favorito, com seu próprio filme, Minions, que mostrava a história de origem dos assistentes de Gru. Além disso, os Minions ganharam diversos produtos licenciados, como brinquedos, roupas e até mesmo alimentos.

Enfim, Meu Malvado Favorito e seu personagem Gru, mostraram que mesmo sendo um vilão, pode haver um coração bondoso e amável dentro de cada um de nós. E é claro, que sem os Minions, a animação não seria tão divertida e amada pelo público. Uma história que cativa e diverte pessoas de todas as idades.